Região de Bauru debate contenção à Covid-19 com a Secretaria de Desenvolvimento Regional

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Publicado em

Criação de leitos, distribuição de insumos, assistência social e quarentena foram discutidos

A Região Administrativa de Bauru alinhou na tarde desta terça-feira (07), em videoconferência de Prefeitos com o Secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, o Secretário Executivo da SDR, Dr. Rubens Cury, a Diretora Regional da Saúde, Doroti da Conceição e a assessora do Vice-governador Rodrigo Garcia, Silvia Meira, debateram e analisaram a situação da região para o enfrentamento à pandemia de Covid-19. O encontro tratou principalmente do prolongamento da quarentena em todo o Estado até o dia 22 de abril, o anuncio foi realizado pelo Governador João Doria em coletiva de imprensa desta segunda-feira (6) e de repasses para a Saúde dos municípios.

O Secretário Vinholi reforçou o repasse de R$ 311 milhões anunciados pelo Governador na última semana. Os 39 municípios que compõem a região receberam juntos R$ 7,4 milhões para serem aplicados na Saúde básica e de média complexidade para combate ao coronavírus.

“Temos acompanhado diariamente o número de casos no Estado, e através do isolamento social, estamos melhorando o sistema de saúde para receber os casos da doença. Estamos vivendo uma guerra, os prefeitos são fundamentais neste momento”, afirmou o Secretário Vinholi.

Saúde

Uma das maiores preocupações das prefeituras é a quantidade de leitos hospitalares disponíveis para atendimento a pacientes do novo vírus. Atualmente o Estado possui 1524 leitos de UTI prontos e o objetivo é criar outros 1300 nos próximos 30 dias. Outra dificuldade é a falta de equipamentos de proteção individual (EPI’s) e a demora nos testes rápidos por PCR (sigla em inglês para transcrição reversa seguida de reação em cadeira da polimerase) realizados na região pelo Instituto Adolfo Lutz, o objetivo é reduzir os resultados de 10 dias para 48 horas.

“O Estado se preparou para o momento atual e está se preparando para o que poder vir a acontecer. Em breve a região irá receber álcool 70% líquido para higienização dos equipamentos hospitalares, que estão já estão sendo encaminhados. Também estamos lutando por máscaras, pelos aventais, pelo álcool em gel e outros insumos.”, esclareceu o Secretário Adjunto Dr. Rubens Cury.

Distribuição de Álcool 70%

O Governo do Estado iniciou a distribuição dos 250 mil litros de álcool 70% líquido doado ao Governo do Estado pela UNICA (União das Indústrias de Cana-de-açúcar). A Secretária de Desenvolvimento Regional tem notificado às prefeituras a disponibilidade e sobre a retirada. O insumo será destinado ao Sistema Único de Saúde (SUS), para higienização de equipamentos hospitalares. A região de Bauru deve receber o produto nos próximos dias.

Assistência Social

Sobre a assistência social durante a pandemia do vírus, uma das preocupações, foi com relação às pessoas e famílias mais vulneráveis. Na última semana, o Governador João Doria e a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes anunciaram a ampliação do serviço de alimentação nas unidades Bom Prato. ”O Estado vai oferecer em todas as 59 unidades do programa três refeições diárias e abertura aos finais de semana e feriados, que é um reforço de R$ 18 milhões em investimento. Levaremos à preocupação, muitas ações já vem sendo realizadas e vamos procurar atender a todos”, garantiu Vinholi.

Na coletiva de imprensa realizada no começo da tarde desta terça-feira (07), também foi anunciado a distribuição de R$ 1 milhão de cestas de alimentos. O Programa Alimento Solidário soma R$ 110 milhões em investimentos e vai beneficiar 4 milhões de pessoas nos 645 municípios paulistas.

Quarentena

O Governador João Doria anunciou na tarde desta segunda-feira (06), o prolongamento da quarentena em todo o Estado até o dia 22 de abril. Somente serviços essenciais devem permanecer abertos, como saúde, alimentação, abastecimento, logística, serviços gerais, comunicação social, segurança, construção civil e indústrias. Os municípios tem passado a orientação do Estado, a população entende a importância, mas alguns comerciantes e pequenos negócios acenam retomar as atividades.

“O isolamento social é fundamental e não existe medida de flexibilidade. Esperamos chegar no dia 22 com um cenário melhor, ninguém quer manter o comércio fechado, mas queremos seguir aquilo que especialistas dizem que é a medida necessária para salvar vidas”, afirmou o Secretário Vinholi.

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T