Governo do Estado transforma obra parada no ABC em referência cultural e tecnológica para jovens

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Publicado em

Fábrica de Cultura 4.0 é inaugurada em São Bernardo do Campo

Há um ano, em cerimônia de início de obras em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, um terreno com obras paradas e com propósitos distintos teve sua história refeita. Nesta quarta-feira (30), a primeira Fábrica de Cultura 4.0 do Estado foi inaugurada pelo Governador João Doria e abrigará uma moderna unidade de cultura e acesso à tecnologia para crianças e jovens.

Foram investidos R$ 8 milhões da Secretaria estadual de Cultura e Economia Criativa e R$ 4,5 milhões da Prefeitura de São Bernardo. A unidade contará ainda com custeio anual do Estado no valor de R$ 9,6 milhões. A Secretaria de Desenvolvimento Regional fez a articulação entre município e Estado, tornando possível que o local fosse requalificado. 

“A Fábrica 4.0 traz tecnologia, inovação e um mundo digital ao alcance de crianças, jovens e adultos. É a maior Fábrica de Cultura das 12 unidades já existentes e a mais tecnológica de todas. O governo de São Paulo respeita a cultura, a liberdade de opinião e de imprensa e a democracia”, afirmou Doria.

Com previsão de início das aulas online em 7 de outubro, a Fábrica oferecerá 32 cursos, num total de 640 vagas. O objetivo do projeto, gerido pela organização social Catavento Cultural e Educacional, é desenvolver atividades ligadas às artes presenciais e digitais, formação e fruição da criatividade, inovação e tecnologia. Os cursos de formação da Fábrica capacitarão jovens de 10 a 24 anos de São Bernardo do Campo e do Grande ABC.

Entre os cursos oferecidos na unidade, estão: Programação de Drones, Robótica, Cultura Maker, Games e Programação. Também serão oferecidas modalidades voltadas às artes, como Teatro, Balé, Dança Contemporânea, Dança de rua, Violino e Viola, Violão, Violoncelo e Artes circenses.

Juntamente com o início das aulas, será aberto à população o acesso ao andar térreo, ao mezanino e a uma parte do primeiro e segundo pavimento da Fábrica. Também ocorrerão projeções mapeadas na fachada externa do prédio. Ainda serão disponibilizados 10 tablets para leitura no local e mais 200 logins “volantes” para acessos por meio de celulares, tablets e computadores na biblioteca ou na casa dos frequentadores. Além desta novidade, a Bibliotech manterá um acervo físico com títulos voltados às tecnologias 4.0, inovação, empreendedorismo e literatura.

 “É um mega equipamento cultural e será referência em São Paulo. Desenvolvemos grandes projetos nestes dois anos na relação com os municípios e a população do ABC Paulista ganha um importante equipamento e mais qualidade de vida,” comemorou o Secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi.

A expectativa é que, até início de 2022, o Fábrica opere com 100% de sua capacidade de atendimento e atenda cerca de 480 mil pessoas por ano, oferecendo 308 cursos e 4.185 vagas abertas.

O governo prevê implantar o mesmo padrão nas futuras fábricas e nas demais unidades já em funcionamento em: Diadema, Cidade Tiradentes, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém, Vila Curuçá (zona leste); Brasilândia, Vila Nova Cachoerinha e Jaçanã (zona norte); Capão Redondo e Jardim São Luís (zona sul).

“Temos muitas demandas de Prefeituras com relação ao programa e ainda mais com esse salto para a Fábrica de Cultura 4.0. Hoje temos no nosso horizonte duas unidades, sendo uma em Heliópolis, que já está sendo projetada, e a segunda será no Vale do Ribeira, ampliando o atendimento ao programa Vale do Futuro, ” afirma o Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão. O Vale do Futuro é o maior programa social do Estado de São Paulo. Trata-se de uma ampla iniciativa que inclui ações de curto, médio e longo prazo no Vale do Ribeira, a região mais economicamente deprimida do estado. A iniciativa também é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional.

Tags: , , , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T