“Canal Direto – SP + Perto” inicia obras na unidade de São José do Rio Preto

Iniciativa do Desenvolvimento Regional levará atendimento mais humanizado, eficiente e de qualidade para as cidades da região

O programa “Canal Direto – SP + Perto”, da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), iniciou, em 23 de dezembro de 2021, as obras de reforma e adequação do prédio que abrigará a unidade de São José do Rio Preto. O investimento estadual será de pouco mais de R$ 26 milhões e o prazo para conclusão das obras é de sete meses (210 dias).

O “Canal Direto – SP+Perto” proporcionará mais agilidade e eficiência para as Prefeituras e suas demandas nas tratativas com o governo estadual, com um atendimento mais eficiente, humanizado e de qualidade.

Para o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, o projeto trará uma significativa economia de cerca de R$ 90 milhões ao ano para os cofres públicos. “A sede do SP+ Perto de São José do Rio Preto oferecerá qualidade e padronização do atendimento, no mesmo modelo do Poupatempo. Iremos unificar os sistemas com a adoção das tecnologias mais modernas disponíveis, mostrando também transparência aos serviços prestados pelo Estado na região, desburocratizando processos e, finalmente, cortando custos. O programa irá revolucionar e aperfeiçoar a relação entre Estado e os municípios”, afirmou Vinholi.

O prédio escolhido para ser a sede da unidade de São José do Rio Preto abrigava anteriormente a estrutura do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), localizado na Avenida Mario Andreazza, S/N, no Jardim São Marcos. Em uma área total de 8,7 mil m², a unidade abrigará serviços de 12 secretarias estaduais e terá 322 servidores públicos estaduais trabalhando no local, além de gerar uma economia anual para o Estado de R$ 582 mil em locações.

O edital de licitação para o início das obras foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) em 12 de agosto e dispôs as regras para a contração da empresa de engenharia que fará às adequações do prédio. O valor do edital é de R$ 29,1 milhões, mas por tratar-se de uma licitação de concorrência por menor preço, o processo encerrou com o valor da obra em R$ 22,2 milhões.

O investimento total do Estado chegará a cerca de R$ 26 milhões, sendo R$ 22,2 milhões conforme a licitação e pouco mais de R$ 4 milhões destinados à comunicação visual, móveis, equipamentos e marcenaria.

Tags: , , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T