Desenvolvimento Regional apresenta curso sobre Racismo Estrutural e Equidade Racial

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Evento de lançamento contou com a presença de Secretários de Estado

A Secretaria de Desenvolvimento Regional lançou na manhã desta quinta-feira (4), em parceria com o Projeto Amigos da Criança (PAC), o curso de formação “Racismo Estrutural e Equidade Racial” em evento realizado no bairro de Pirituba, na capital paulista.

Estiveram presentes os Secretários de Estado Marco Vinholi (por meio de vídeo), de Desenvolvimento Regional; Fernando José da Costa, de Justiça e Cidadania; Célia Parnes, de Desenvolvimento Social; e também Ivan Lima, Diretor de Comunidades Tradicionais da Secretaria de Desenvolvimento Regional e mediador do curso.

“O curso de formação é fundamental para o combate do racismo estrutural em nosso país. Vamos todos juntos impulsionar a Equidade Racial em São Paulo e no Brasil”, explicou o Secretário Marco Vinholi, por meio de vídeo enviado ao evento.

O lançamento contou com apresentações culturais e atividades desenvolvidas pelo PAC e pelo projeto PAC Afro.

“Nossa atuação na proteção social reflete também no apoio a grandes iniciativas, como este curso. Precisamos combater o racismo, que é tão presente e estrutural em nossa sociedade e promover ações e políticas públicas de equidade racial”, destacou a secretária Célia Parnes.

“Foi uma honra participar do lançamento do curso que será ministrado pelo Ivan Lima. Também aproveitei para conhecer as atividades realizadas pelo PAC com as crianças da região. Trabalho que merece ser reconhecido pela excelência como cuidam das crianças. Todos os envolvidos neste projeto estão de parabéns. São ações que o Governo de São Paulo faz em parcerias com as entidades para combater o racismo no Estado e levar qualidade de vida à população que mais precisa”, ressaltou Fernando José da Costa.

Sobre o curso

O curso de formação tem o intuito de propiciar aos participantes uma reflexão sobre o racismo estrutural, faz um resgate histórico da escravização, da abolição inconclusa e do mito da democracia racial. Apresenta um amplo panorama a respeito da questão racial na formação do Brasil, além de apontar caminhos para engajamento na luta antirracista.

Voltado aos profissionais do PAC – Professores, Assistentes Sociais e Coordenadores, o curso terá como ministrante Ivan Lima, Diretor de Comunidades Tradicionais da Secretaria de Desenvolvimento Regional.

“O nosso objetivo é conscientizar toda a sociedade sobre a importância de enfrentarmos o racismo estrutural e impulsionarmos a Equidade Racial no Estado de São Paulo e no Brasil.,” explicou Ivan Lima.

Sua estrutura é baseada em quatro aulas com carga horária de quatro horas cada, totalizando 16 horas de aprendizado. Cada aula conta com uma temática diferente, sendo o primeiro módulo “Racismo Estrutural”, uma breve reflexão sobre a estruturação do racismo na sociedade brasileira.

O segundo módulo “O Enfrentamento ao Racismo e as Políticas Públicas” resgata o histórico sobre escravidão, abolição inconclusa, o mito da democracia racial e traça um panorama a respeito da questão racial na formação do Brasil e também na contemporaneidade. Esta etapa também irá apontar caminhos aos alunos para engajamento na luta antirracista.

Já na terceira parte do curso, “Ensino da história e cultura afro-brasileira”, o objetivo será promover maior conhecimento, reconhecimento e respeito pela cultura, história e patrimônio dos povos afrodescendentes, por meio de pesquisas, e promover a inclusão da história e da contribuição dos povos afrodescendentes nos currículos escolares.

O quarto e último módulo do aprendizado, “Equidade Étnico Racial”, destaca que a desigualdade racial entre negros e brancos Brasil é uma consequência do racismo estruturado e institucionalizado desde o período de escravização. Os alunos ainda receberão apostilas para o ensinamento e serão propostos vídeos, documentários, dinâmicas e estudos de casos, além de reuniões virtuais com especialistas e representantes de instituições que desenvolvem ações antirracistas.

As aulas serão semipresenciais e acontecem as quintas-feiras, das 8h30 às 12h30. A primeira aula terá início na próxima quinta, 11 de março.

Tags: , , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T