A 7ª edição do Connected Smart Cities e Mobility aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo

O Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, participou, na manhã desta quarta-feira (1/9), do primeiro dia da 7ª edição do Connected Smart Cities e Mobility, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. O evento ocorre de forma híbrida, on-line e presencial, e vai de 1 a 3 de setembro.

As dificuldades e os desafios que diversos setores da economia têm enfrentado por conta da pandemia de Covid-19 motivaram a realização do painel “A importância da retomada dos eventos para a retomada do desenvolvimento econômico nas cidades”, que contou com a participação do secretário Marco Vinholi. Ele apresentou os programas e as iniciativas inovadoras da Secretaria de Desenvolvimento Regional neste campo.

“Eu entendo que o papel dos Governos Estaduais é fundamental para apoiar os municípios no Brasil. O Governo de SP lançou recentemente o programa “Cidades Inteligentes” para ampliar as parcerias com as Prefeituras Municipais e modernizar a gestão pública, e esse é o novo papel, desenvolver e conectar todos os municípios paulistas”, afirmou o titular da Pasta de Desenvolvimento Regional.

Vinholi abordou também em sua apresentação a relevância de alguns dos programas do Governo de SP, como “Cidades Inteligentes”, “Parcerias Municipais” e “SP Sem Papel”.

“Cidades Inteligentes” prioriza a governança em função de metas e planos, o trabalho conjunto entre Estado e Municípios, a desburocratização de processos e estimula a solução de problemas por meio da tecnologia. O programa busca levar o conceito aos 645 municípios paulistas por meio de investimentos financeiros e ferramentas tecnológicas.

Já no programa “Parcerias Municipais”, gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, as Prefeituras propõem ações e inserem as informações em um sistema compartilhado com as Pastas de Saúde, Segurança, Educação, Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Econômico para análise técnica e melhoria de índices nestes indicadores. Os melhores resultados são premiados pela iniciativa. O programa conta com uma plataforma exclusiva para os gestores municipais. Para conferir, acesse o site: https://www.parceriasmunicipais.sp.gov.br/.

Por fim, o programa “SP Sem Papel”, gerido pela Secretaria de Governo, está implantado em todas as Secretarias o Estado, fazendo de SP um Governo 100% digital em seus procedimentos internos. A finalidade é desburocratizar os acessos aos serviços estaduais e acabar com a burocracia, além de prever um valor de R$ 90 milhões economizados aos cofres públicos ao longo dos próximos anos. O resultado da iniciativa aumentou a confiança e transparência no monitoramento de gastos e acompanhamento de resultados. Acesse em: https://www.spsempapel.sp.gov.br/.

Classificação das cidades mais conectadas em 2021

Durante o evento, foi divulgada a posição no ranking das “Connected Smart Cities 2021” – estudo realizado e elaborado pela Urban Systems, em parceria com a Necta, que revela as cidades brasileiras que se destacaram com ações no contexto de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente, sustentabilidade, entre outros. Além disso, a classificação também considera o conceito de conectividade, os investimentos em saneamento, a importância da educação na formação, a reprodução dos potenciais das cidades e a sustentabilidade econômica.

Assim como em 2020, o município de São Paulo ficou em 1º na classificação geral, sendo avaliada como a cidade “mais inteligente” do País. SP também conquistou o primeiro lugar nas categorias Mobilidade, Região Sudeste e Municípios com mais de 500 mil habitantes.

No âmbito do Estado, os municípios paulistas seguem avançando para se tornarem cada vez mais conectados. Destaque para São Caetano do Sul, que ficou em 1º no ranking de Segurança e 3º no geral; Barueri, 1º lugar no quesito Economia e 11º no geral; Campinas e Santos, 8º e 14º lugares no ranking geral, respectivamente.

Cidades conectadas

O “Connected Smart Cities” constitui a principal iniciativa do setor de cidades e mobilidade do Brasil e um dos maiores eventos da América Latina. É realizado pela Necta e a Urban Systems e envolve empresas, entidades e governos. O evento faz parte da Plataforma Connected Smart Cities, que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.