Governo de São Paulo anuncia mais de 1.800 respiradores distribuídos aos municípios e ultrapassa os 600 mil testes para identificação do vírus

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Estado registra mais de 602 mil testes para detecção do coronavírus em pacientes com suspeita de COVID-19

Nesta terça-feira (16), os secretários estaduais de Desenvolvimento Regional, Saúde e Desenvolvimento Econômico, juntamente com membros do Centro de Contingência do Coronavírus, abordaram em entrevista coletiva, no Palácio dos Bandeirantes, a continuidade das medidas implementadas  no combate à doença causada pelo coronavírus e anunciaram a distribuição de 1826 respiradores para cidades do interior, litoral e Grande SP. 

Somente hoje (16), o Governo distribuiu mais 104 respiradores para hospitais localizados em 17 cidades de diversas regiões, para ampliação dos leitos de UTI e fortalecimento da rede a pacientes com coronavírus. Os novos equipamentos permitirão a ampliação de unidades de terapia intensiva para garantir atendimento a pacientes contaminados em situação grave.

São Paulo superou os 600 mil testes e almeja triplicar checagem. Até hoje, foram 525,6 mil procedimentos em pacientes com sintomas leves e 76 mil nos internados.  A meta para as próximas semanas é ampliar ainda mais o número de exames e triplicar o volume de diagnósticos em todo o território estadual.

A testagem em massa é um dos mecanismos mais importantes para reduzir a velocidade de contágio. Assim que o paciente é diagnosticado como caso positivo, ele é isolado e também há monitoramento das pessoas com quem teve contato, permitindo a checagem de novos casos suspeitos com o surgimento de sintomas como tosse seca, febre e falta de ar.

“Estamos distribuindo 250 mil kits para que os municípios aumentem o volume de pacientes testados; isso é importante porque fortalece medidas de vigilância, isolamento e monitoramento”, disse Paulo Menezes, Coordenador do Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde.

O secretário de Saúde, José Henrique Germann, anunciou os números mais atualizados da pandemia no estado e no Brasil. No País, são 888 mil casos, com 43.959 óbitos. No estado, são 190 mil casos, com 11.132 óbitos.

5.339 pacientes da Covid-19 estão internados em hospitais no estado. Mais de 33 mil pacientes foram curados e liberados pelo sistema de saúde. A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 70,6% no estado e em 77,1% na Grande SP.

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, chamou a atenção para o crescimento do número de casos de Covid-19 no interior. Ao mesmo tempo, ele lembrou que “temos hoje 11 Regiões Administrativas na fase verde no que tange à capacidade hospitalar; são ainda 3 regiões na fase amarela e 3 na fase laranja. Isso significa que mesmo com o crescimento de casos, a capacidade hospitalar foi fortalecida pelo Governo do Estado, alcançando patamar seguro em que não faltará leito de UTI para nenhuma pessoa em São Paulo. “

Tags: , , , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T