Medidas restritivas da fase emergencial mostram resultados, informa o Governo do Estado

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Número de pacientes internados com Covid cai ante a semana anterior

Em coletiva de imprensa a partir do Palácio dos Bandeirantes, no dia de hoje (24), o Governo do Estado divulgou os dados mais recentes sobre o enfrentamento das consequências sanitárias e econômicas da pandemia de Covid-19 e informou que as ações de fiscalização contra o descumprimento do Plano SP atingiram o expressivo número de mais de 14 mil incursões, com fechamento de mais de 700 festas e comércios irregulares. Anunciada também a vacinação, em abril, de mais de 500 mil profissionais da Educação e Segurança Pública. Na 12ª semana epidemiológica do ano e na 2ª semana da fase emergencial do Plano SP, o Estado registra 92,3% de taxa de ocupação de leitos de UTI.

SP anota hoje 12.442 pacientes internados com Covid nas unidades de terapia intensiva de todo o estado. A despeito de ainda muito elevado, este número é inferior ao registrado na semana epidemiológica anterior, que foi de 12.317, “o que pode ser um sinal de que as medidas mais restritivas estão surtindo efeito”, como disse o Secretário de Saúde, Jean Gorintcheyn. Em leitos de enfermaria, SP registra 17350 pacientes internados.

Ante à semana anterior, houve incremento de 17% no número de casos de Covid. A taxa de internações subiu 18,8% e o de óbitos cresceu 35%. Ontem (23), o estado registrou 1.021  óbitos pela Covid.

Aperto da fiscalização

Desde 26 de fevereiro, a fiscalização encerrou  716 festas clandestinas e comércios funcionando de forma irregular. No total foram 14.495 fiscalizações. As fiscalizações realizadas em todo o estado mobilizam agentes de órgãos estaduais e municipais. A força-tarefa é composta por agentes de órgãos do Governo do Estado para reforçar o trabalho de fiscalização dos municípios e o cumprimento das regras previstas no Plano São Paulo.

Neste período, a Polícia Militar atuou de forma preventiva em diversos pontos da capital, com orientações para dispersão de aglomerações. Foram abordadas mais de 300 mil pessoas, sendo 444 delas detidas. Já a Vigilância Sanitária estadual inspecionou 7.216 estabelecimentos comerciais, dos quais 263 foram autuados. O Procon-SP vistoriou 4.176 estabelecimentos comerciais. Destes, 298 foram autuados por desrespeito à regra de restrição de circulação, uso obrigatório de máscaras e distanciamento social.

Anunciada vacinação de profissionais de Educação e Segurança

A vacinação destes grupos começará em abril e inclui policiais, agentes penitenciários, bombeiros, guardas civis, professores e funcionários de creches e escolas. Com início no dia 5, 180 mil policiais civis, militares e técnicos-científicos, agentes penitenciários, bombeiros e guardas civis metropolitanos começam a ser vacinados. A meta é imunizar todos os integrantes de forças de segurança que estão na ativa.

No dia 12 de abril, 350 mil professores e demais funcionários de escolas estaduais, municipais e particulares com idade a partir de 47 anos também serão incluídos na campanha. O público-alvo representa cerca de 40% de todos os profissionais da educação básica em São Paulo. Inicialmente, o Governo do Estado está priorizando profissionais com idade em que a incidência de casos moderados e graves da COVID-19 é mais alta.

Assessoria de Imprensa da Secretaria estadual de Desenvolvimento Regional

Tags: , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T