Oficinas do Parcerias Municipais revisam iniciativas em Educação

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Equipe técnica e especialistas da área de Educação discutiram as propostas de ajustes do portfólio de iniciativas

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) realizou nesta semana oficinas para revisão do portfólio de iniciativas do Programa Parcerias Municipais na área da Educação. As iniciativas apresentadas posteriormente para os municípios foram discutidas por equipes técnicas do Programa e especialistas do setor. No âmbito do Programa, a área de educação possui o maior número de desafios a serem superados pelos municípios paulistas.

Os encontros têm como objetivo discutir as propostas de ajustes das ações sugeridas aos municípios nos sete desafios do Programa nas áreas de Saúde, Educação e Segurança. Além dos sete desafios, o ano de 2021 terá um novo desafio, focado no enfrentamento dos efeitos da pandemia por meio da promoção de assistência social e fomento ao emprego e renda.

Nesta quinta-feira (18), a oficina discutiu as propostas de ajustes do portfólio de ações sugeridas aos municípios nos desafios de ampliação de acesso à creche e universalização de acesso à pré-escola.

Conduzida pelo Coordenador do Programa, Renan Bastianon, e pela Gerente de Projetos da Fundação Instituto de Pesquisa (FIPE), Rosane Ribeiro, a oficina contou com a participação de Fernando Montoro, assessor da Secretaria de Desenvolvimento Regional, e da equipe técnica da FIPE, composta por Isabela Nogueira, Marcelo Trevenzolli e Thiago Gallian. A área técnica da Educação foi representada pelo assessor da Secretaria estadual da Educação, Patrick Tranjan, e pela coordenadora de relacionamentos na nova escola, Luciana Campos.

Na sexta-feira (19), as equipes debateram as iniciativas do desafio de alavancagem da qualidade do Ensino Fundamental I. A Secretaria de Desenvolvimento Regional foi representada por Renan Bastianon e Fernando Montoro. Participaram também a equipe da FIPE, composta por Rosane Ribeiro, Isabela Nogueira, Marcelo Trevenzolli e Thiago Gallian. A área técnica da Educação foi representada pelo assessor da Secretaria estadual da Educação, Patrick Tranjan e pelo consultor educacional e professor de química na rede estadual de Goiás, Raph Gomes Alves.

Nas oportunidades, as equipes técnicas e convidados especializados aprimoraram as iniciativas que serão sugeridas aos gestores municipais para a elaboração dos planos de ação da segunda fase do Programa. Após consolidado, o portfólio de iniciativas será disponibilizado aos municípios para elaboração dos seus planos, fase que se inicia em 8 de março.

Oitavo desafio

Com o objetivo de mitigar os impactos da pandemia do novo coronavírus, a segunda fase do Programa Parcerias Municipais incluirá mais um desafio, focado no combate à pobreza e na geração de emprego e renda. Para isto, serão realizadas duas oficinas com as áreas técnicas das Secretarias estaduais de Desenvolvimento Econômico e de Desenvolvimento Social.

Para mais informações sobre o Programa Parcerias Municipais, acesse: https://www.parceriasmunicipais.sp.gov.br/

Kethlyn Jesus

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T