“Onça-Pintada” pode substituir “Morro do Diabo” em designação de Parque Estadual no Pontal do Paranapanema

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Alteração do nome é debatida com áreas técnicas do Governo e foi anunciada no Lançamento do Programa Pontal 2030

A Secretaria de Desenvolvimento Regional debate com áreas técnicas do Governo de São Paulo a alteração do nome do Parque Estadual “Morro do Diabo” para “Onça-Pintada”. O animal é considerado o maior felino de todo o continente americano e o terceiro maior do mundo. Ele é visto com frequência no local e a Fundação Florestal estima a existência de 15 a 20 onças-pintadas no parque, população considerada pequena e ameaçada de extinção.

A atual designação se deve a lendas que correm na região do parque, que fica no Pontal do Paranapanema, no extremo oeste do estado de São Paulo. Entre elas, a de que a região do Pontal do Paranapanema foi habitada no passado por várias tribos indígenas; revoltados com a morte de nativos pelos bandeirantes, os índios se vingaram com uma emboscada. Os bandeirantes que escaparam da carnificina diziam que “o diabo estava no morro”.

Outra lenda popular sugere que as extremidades do Morro eram mais acentuadas e pontiagudas, configurando a impressão de haver chifres no topo. Finalmente, ditado local afirma que se o visitante subir e descer por dez vezes a trilha do Morro, verá o diabo em carne e osso!

Pontal 2030

O Governo do Estado de São Paulo lançou na ultima terça-feira (9/2) o Programa de Desenvolvimento do Pontal do Paranapanema (Região de Presidente Prudente) – Pontal 2030. Idealizado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, a inciativa tem a finalidade de alavancar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da região do extremo oeste do Estado, que abarca 32 municípios e 600 mil habitantes. A previsão de investimento é R$ 300 milhões.

Com os investimentos na ordem de R$ 300 milhões, o Pontal 2030 quer promover o fortalecimento local, o desenvolvimento sustentável, a regularização fundiária e a redução das desigualdades sociais. Para tanto, o Governo de São Paulo pretende trabalhar diversos setores, como Economia, Saúde, Segurança Pública, Meio Ambiente e Turismo, por meio de ações integradas que serão desenvolvidas em curto, médio e longo prazos por 19 pastas.

“O Pontal do Paranapanema será uma das mais fortes e desenvolvidas regiões do Estado. O Governo de São Paulo vai colocar em prática projetos e obras que farão a diferença para quem ali vive. Marcará tempo”, exaltou o Secretário da Pasta, Marco Vinholi.

Assessoria de Imprensa

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T