Ação no Morro do Diabo, no Pontal do Paranapanema, visa área remanescente da Mata Atlântica

Em agenda no município de Teodoro Sampaio, região do Pontal do Paranapanema, nesta sexta-feira (04/02/22), o Governador João Doria entregou as novas instalações do Parque Estadual Morro do Diabo. A intervenção, viabilizada por meio da Fundação Florestal, contemplou a reforma das edificações, revitalização do centro de visitantes, alojamentos, hospedarias, playground e museu, modernização dos espaços de churrasqueiras e de apoio às atividades de camping/motor home. O investimento estadual na obra foi de R$ 6 milhões, provenientes da Câmara de Compensação Ambiental.

“Vamos continuar a fazer mais investimentos e melhorias neste parque para garantir o desenvolvimento não só ambiental, mas também do turismo ambiental, que traz oportunidade de emprego, renda e conhecimento. Quem conhece a natureza, respeita e protege. Quem defende a natureza, defende a vida”, afirmou o Governador.

A ação integra o programa de desenvolvimento do Pontal do Paranapanema – o Pontal 2030, lançado em janeiro de 2021 e coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), com o objetivo de alavancar o desenvolvimento regional por meio da ampliação da infraestrutura, fortalecimento do desenvolvimento econômico, regularização fundiária e redução das desigualdades sociais, entre outras ações previstas para a região do extremo oeste paulista.

Desde o lançamento do programa até a presente data, os investimentos na região totalizam R$ 892 milhões, superando a expectativa inicial de R$ 300 milhões em recursos. Foram aplicadas verbas nas áreas de infraestrutura, habitação, desenvolvimento humano e social, cultura, saúde, esportes, saneamento, administração penitenciária, defesa civil e emprego e renda. A previsão para 2022 é alcançar a meta de R$ 1 bilhão em investimentos na região.

Além da revitalização, o local também recebeu um novo sistema de iluminação que ampliou o uso de áreas durante o período noturno, além de concluir a Trilha Suspensa do Barreiro da Anta, um dos principais atrativos turísticos, que também auxiliará as pesquisas na área.

“É com imensa felicidade que entregamos esta importante obra para a cidade de Teodoro Sampaio e toda a região por meio do nosso Pontal 2030. A revitalização no Parque Estadual trará mais segurança e conforto tanto para os funcionários da área quanto para os turistas que visitam o local. Com a reforma, o parque se tornará referência de turismo e qualidade de vida”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Fomento ao Ecoturismo

Com a conclusão da reforma, a Fundação Florestal iniciará a elaboração de projeto para permissão de uso das estruturas com o objetivo de aprimorar e oferecer serviços ao turista, como alimentação, hospedagem, aluguel de equipamentos, entre outros. O plano deverá exigir a contratação de mão de obra local, bem como a comercialização de produtos e alimentos da região a fim de estimular a economia no entorno e melhorar a experiência do visitante.

“São R$ 6 milhões aplicados pela Câmara de Compensação Ambiental em benfeitorias que traz um potencial enorme para o parque. São alojamentos, uma sede de um museu, áreas do centro de convivência, e este potencial poderá ser utilizado não só pelo cidadão de Teodoro Sampaio, mas por toda a região do Pontal. Muito feliz em participar um Governo que preserva o meio ambiente”, disse o subsecretário do Meio Ambiente, Eduardo Trani.

Rede Lucy Montoro chega a Presidente Prudente

Além da entrega das obras de revitalização do Parque Estadual, Doria anunciou o lançamento do edital de contratação das obras do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro em Presidente Prudente. Referência no tratamento de reabilitação para pacientes com deficiências físicas incapacitantes, o Instituto Lucy Montoro da cidade vai beneficiar diretamente 45 municípios, abrangendo uma população total estimada de 780 mil habitantes. A nova unidade terá 2.972,36 m² de área construída.

A obra está orçada em R$ 23,5 milhões e a estrutura completa prevê duas alas e uma área externa com estacionamento com 72 vagas. Contará também com espaço para treino de marcha e convivência para os pacientes, além de um jardim sensorial.

O serviço contará em todos os horários com uma equipe multiprofissional. Entre os especialistas estarão médicos fisiatras, oftalmologista e otorrinolaringologista, enfermagem, assistente social, fisioterapeuta, fonoaudiologia, psicologia, terapeuta ocupacional, profissional de educação física, pedagogo, profissional especializado em orientação e mobilidade e em regime mais flexível poderá haver apoio de profissional da nutrição, entre outros.

Pontal 2030

O Pontal 2030 é um programa de desenvolvimento do Pontal do Paranapanema que reúne intervenções estatais destinadas a prover infraestrutura e serviços de apoio ao desenvolvimento de cadeias produtivas, além de ações socioambientais para melhoria dos indicadores municipais. A região registra o segundo menor IDH do estado e está abaixo da média estadual. O programa abrange 32 cidades e um território de 18.441,6 km², com 260 mil habitantes.

Saiba mais em: https://pontal2030.sdr.sp.gov.br/.