Região de Araçatuba terá três Casas da Juventude

Governo do Estado investirá R$ 2,2 milhões na construção de centros de apoio profissional em Andradina, Ilha Comprida e Pereira Barreto

O Governo do Estado de São Paulo segue apoiando o desenvolvimento profissional da juventude paulista. Nesta sexta-feira (23), o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, assinou, no âmbito da Subsecretaria da Juventude, convênios para a construção de Casas da Juventude na Região de Araçatuba. As unidades serão instaladas nos municípios de Andradina, Ilha Comprida e Pereira Barreto. O investimento do Estado será de R$ 2,2 milhões.

A Casa da Juventude oferecerá espaços multiuso de apoio a público em início de vida profissional. Os ambientes terão ações de incentivo à qualificação, empreendedorismo, busca de oportunidades de emprego e renda, e área de trabalho colaborativo, estimulando a criação de novos projetos e negócios.

“A Casa da Juventude é um projeto inovador que o Estado se propôs a levar para a mocidade paulista. Estamos hoje assinando convênios que garantem a instalação destas unidades na região de Araçatuba. Os jovens podem contar com o Governo do Estado”, afirmou o Secretário Vinholi.

O projeto é gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, por meio da Subsecretaria da Juventude, e em parceria com as Secretarias de Desenvolvimento Econômico; Cultura e Economia Criativa; e Habitação, por meio da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). A Pasta de Desenvolvimento Regional faz a articulação com as Prefeituras e formalizará os convênios para a construção dos espaços.

“Em 2020, durante a pandemia, vimos muitos jovens perderem o emprego, enquanto outros abriram negócios próprios. Ao longo do ano, oferecemos diversas capacitações gratuitas e agora, por meio da Casa da Juventude, vamos proporcionar um ambiente que estimula a criatividade, amplia contatos profissionais, além de possibilitar a criação de negócios entre jovens”, comentou o Subsecretário da Juventude, Luiz Oliveira.

Para receber o projeto, os Municípios devem contar obrigatoriamente com um Conselho Municipal de Juventude e possuir população inferior a 150 mil habitantes. As Prefeituras indicarão terrenos e ficarão responsáveis pela aquisição de móveis e demais equipamentos. O Estado financiará prédios com área construída de 240m², em estrutura metálica e alvenaria. O prazo médio para a entrega de cada unidade é de oito meses.

“É com alegria que podemos hoje anunciar a construção de mais três Casas da Juventude no estado de São Paulo. Vamos continuar trabalhando para levar apoio profissional aos jovens”, concluiu o Subsecretário Luiz.

Kethlyn Jesus

Tags: , , ,

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T