Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional planeja monitorar em tempo real obras conveniadas com os municípios

Secretaria de Desenvolvimento Regional

Até o próximo mês, projeto da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) deve contar com câmeras de observação on-line; intenção é evitar a paralização das intervenções e a demora na entrega

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional deu início à elaboração de um projeto que prevê monitorar em tempo real obras de infraestrutura que estão em andamento no Estado e que são custeadas por convênios celebrados entre o Governo de São Paulo e as Prefeituras. A previsão é que no próximo mês diversas cidades paulistas já recebam os equipamentos de observação on-line (câmeras) para os primeiros testes e ajustes.

O objetivo da iniciativa é contribuir no acompanhamento e no monitoramento de obras que são de encargo dos municípios quanto à abertura de processo licitatório, contratação das empresas responsáveis pelas intervenções e execução, a fim de se evitar atrasos no cronograma de entrega das construções e paralizações. As cidades, vale lembrar, são ainda responsáveis pelas medições dos projetos. Ao Estado cabe disponibilizar às Prefeituras os recursos financeiros celebrados por meio de convênio.

“A intenção do Governo de São Paulo é fazer com que as obras de nossos convênios, que são investimentos do Estado e de responsabilidade das Prefeituras na execução, não sejam paralisadas em razão de entraves administrativos ou por problemas no projeto”, observa Marco Vinholi, secretário de Estado de Desenvolvimento Regional. 

Para tanto, câmeras serão instaladas próximas dos locais onde ocorrem as obras, permitindo que uma equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional acompanhe o dia a dia e em tempo real a evolução das intervenções. Servidores do Governo de São Paulo também poderão identificar de forma on-line contratempos nos projetos em tempo de saná-los:

Em reunião realizada na 6ª feira (12/2) entre Vinholi, o diretor de Planejamento e Projetos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Silvio Vasconcelos, e técnicos dos dois órgãos, ficou acertado que, nas próximas semanas, as câmeras começarão a ser instaladas em algumas cidades paulistas com obras em andamento e que são financiadas por convênio. A CDHU dará suporte às ações de monitoramento.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional contabiliza atualmente cerca de 800 convênios em andamento no Estado, que vão desde pavimentação asfáltica à canalização de córregos, passando por construção de edificações de diversas naturezas, como praças e viadutos, por exemplo.

A princípio, serão instaladas câmeras nas áreas externas de obras consideradas de grande porte. Já as intervenções catalogadas como de pequeno porte serão monitoradas por meio de imagens captadas com drones.

PROGRAMAÇÃO – 1º SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA

8h: Recepção – Credenciamento

9h: Abertura oficial – Vídeo ações do Governo de São
Paulo

9h10: BLOCO 1 – Desafios da Gestão Pública

• Marco Vinholi – Governo Municipalista;
• Henrique Meirelles – Economia e Finanças Públicas;

10h10: BLOCO 1 – Falas – Prefeitos e Parlamentares


10h40: BLOCO 2 – Soluções e inovações da
Gestão Pública

• Rodrigo Garcia – Diretrizes do Novo Governo;
• João Doria – Gestão Pública e Inovação Digital;

12h: BLOCO 2 – Anúncio – Liberação de recursos – Assinatura de
Autorizo Digital.

T