Programa faz parte de livro lançado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional   

O programa Sudoeste + 10 está levando mais emprego, renda e qualidade de vida para os 15 municípios da Região Sudoeste do estado – Barão de Antonina, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Coronel Macedo, Guapiara, Itaberá, Itapeva, Itaporanga, Itararé, Nova Campina, Ribeirão Branco, Riversul e Taquarivaí.   

O fortalecimento da agricultura familiar e o incentivo ao agronegócio, a promoção da qualificação profissional, a otimização da malha viária, o desenvolvimento do turismo local e a ampliação e readequação de serviços da rede de saúde pública regional são alguns dos objetivos do programa.  

Por meio de uma abordagem focada na região e integrada entre as prefeituras, o governo estadual e a sociedade civil, as políticas públicas passam a ser formuladas com base nas necessidades locais, reunindo os projetos já em andamento com as propostas dos agentes políticos da região.  

“Planejamos investir mais de R$ 300 milhões para alcançar esses objetivos na região”, diz o Secretário Marco Vinholi. “A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) vem trabalhando com as demais Pastas do Governo do Estado para levar novos investimentos em infraestrutura urbana, estradas vicinais, moradia, regularização fundiária, turismo, meio ambiente e políticas sociais.” 

“O Sudoeste +10 e os programas e projetos regionais promovidos pela SDR foram reunidos no livro Desenvolvimento Regional, Inovação e Municipalismo, que foi lançado no último dia 22 de março no Palácio dos Bandeirantes”, ressalta Vinholi. 

Somente em infraestrutura, os investimentos superam os R$ 200 milhões até dezembro de 2021, com recursos da Secretaria de Desenvolvimento Regional, da Sabesp e do DER.  

A SDR vem ampliando os recursos destinados às obras da região. Em 2019, foram aplicados cerca de R$ 3 milhões nos municípios. Em 2020, os recursos saltaram para R$ 6,8 milhões. Já em 2021, com a implantação do programa, cerca de 70 obras e projetos estão em andamento ou análise técnica, num total de aproximadamente R$ 22 milhões.  

Capão Bonito, por exemplo, recebeu R$ 1,5 milhão para obras de infraestrutura urbana; em Itapeva foram 2 milhões para a reforma do estádio municipal e da pista de atletismo. Itararé obteve 800 mil reais para obras de infraestrutura urbana, e Riversul, outros 500 mil para o mesmo fim.  

Por meio do programa Novas Estradas Vicinais, da Secretaria de Logística e Transportes, DER está investindo recursos superiores a R$ 150 milhões nas estradas vicinais do Sudoeste+10. A ligação de Itapeva a Nova Campina (39,9 milhões), a de Capão Bonito – Bairro dos Lemes – Bairro dos Proença (22,8 milhões) e o trecho do Bairro Cerrado a Santa Cruz dos Lopes (26 milhões) em Itararé são alguns exemplos.  

O programa “Morar Bem, Viver Melhor”, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e o Programa “Nossa Casa” oferecem empreendimentos voltados para a habitação de interesse social por meio das contribuições dos governos estadual, federal e municipais, juntamente com a iniciativa privada, para a construção de aproximadamente 736 residências em Ribeirão Branco, Buri, Campina do Monte Alegre, Guapiara, Itapeva, Itaporanga, Riversul e Taquarivaí  

O Instituto de Terras do Estado de São Paulo – ITESP já entregou mais de 200 títulos desde a criação do Sudoeste + 10, nos municípios de Capão Bonito (73 famílias), Guapiara: (33 famílias) e Nova Campina (110 famílias).  

Já o programa Empreenda Rápido, parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e SEBRAE-SP, capacitou 1.632 potenciais empreendedores em 123 turmas nos municípios de Bom Sucesso de Itararé, Buri, Capão Bonito, Coronel Macedo, Itaberá, Itapeva, Itaporanga, Itararé, Guapiara e Ribeirão Branco. Os aprovados acessam diretamente o Banco do Povo, com condições diferenciadas e crédito orientado.

Dentro do Programa de Água e Esgoto Sabesp, até dezembro de 2021, estavam em andamento oito obras de saneamento em 7 municípios da região, num investimento total de cerca de R$ 22 milhões.  

A Secretaria de Turismo e Viagens e o Sebrae -SP estimulam o empreendedorismo e o turismo de lazer proporcionado pelos Cânions Paulistas, localizados no Sudoeste +10. As empresas que participam
do “Programa SP Ecoaventura” – 100% gratuito – recebem capacitação em gestão empresarial e empreendedorismo, consultorias e auditorias para a certificação ABNT em segurança do turismo de aventura.

Cerca de 500 famílias foram atendidas pelo ”Prospera Família”, programa desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social que promove a geração de renda e o acesso ao mercado de trabalho em Capão Bonito e Itararé.  

O Sudoeste +10 e todos os programas e projetos regionais promovidos pela Secretaria de Desenvolvimento Regional foram reunidos no livro Desenvolvimento Regional, Inovação e Municipalismo, que você encontra aqui:  

https://www.sdr.sp.gov.br/media/2022/03/Revista-SDR-e-book-2.pdf

E-mail